Carnauba Viva

Projeto BioForça

25 maio 2016

BioForça

A Carnaúba Viva Cooperativa de Produção Artesanal Sustentável e Organização Potiguar de Arte, Cultura, Desporto e Meio Ambiente, que trabalham para a conservação do Bioma Caatinga, geração de renda de forma sustentável, organização e valorização dos povos tradicionais, se propõem a contribuírem com seus conhecimentos e experiências com trabalhos em grupos formados ou em formação no Território Jaguaribe Açu e em especial no Vale do Açu.

O Projeto BioForça se propõe a capacitar trabalhadores, organizando-os para produção, armazenamento e comercialização de biomassa para geração de energia renovável. Desta forma, gerar trabalho e renda de forma sustentável dando oportunidade a pessoas que hoje se encontram excluída do mercado de trabalho, a “Cadeia de Geração de Energia Renovável com Biomassa, substituindo a lenha nativa ilegal e o desmatamento também ilegal gerado por esta atividade, para melhorar a qualidade de vida das pessoas atendidas pelo Projeto e moradores do Vale do Açu.

Aplicando a experiência adquirida de trabalhos com grupos há 12 anos, e é com está qualificação que apresentamos o Projeto BIOForça, sendo mais uma forma de realizarmos nossa proposta de um desenvolvimento sustentável na região, visando despertar nas pessoas o interesse pela organização associativa e cooperativa.

O Projeto “BioForça” tem como sua mola mestra a utilização de biomassa na geração de energia renovável, a biomassa que tem como origem substratos de produção e podas rurais e urbanas, que são desperdiçados e tem como destino os lixões que já ultrapassaram o tempo permitido de atividade, consequentemente haverá redução de resíduos sólidos nos lixões municipais.

O Projeto será realizado no Vale do Açu/RN, segundo maior polo ceramista do Estado, tendo por conta disto uma grande demanda de biomassa para seus fornos. O Projeto implantará a “Cadeia de Geração de Energia Renovável com Biomassa” no Vale do Açu em parceria com a “Cadeia de Valores da Carnaúba” que detém o maior potencial de fornecimento de biomassa advindo do substrato do extrativismo sustentável do pó da carnaúba, a “bagana” (resto de palha de carnaúba após retirada do pó) e o talo da carnaúba (pedúnculo) e a “Cadeia de Produtos Cerâmistas”, que será o principal destino da Biomassa produzida.

Nesta parceria cabe a Prefeitura Municipal de Assú a relocação do Terreno cedido por ela para a Carnaúba Viva e embargado pela Justiça a pedido da FLONA de Açu e cabe também destinar as podas municipais para o mesmo Terreno;

A FLONA de Açu cabe dar a Anuência para a relocação do Terreno da Carnaúba Viva, tendo em vista que sua função não causa impacto negativo na Unidade de Conservação e será benéfico porque o excedente dos recursos oriundos da produção de Biomassa servirá entre outras coisas para a Educação Ambiental.

A Carnaúba Viva caberá em contra-partida, a divulgação das parcerias, e com os recursos advindos do Projeto Bioforça a Carnaúba Viva oferece Educação Infantil com reforço escolar para 50 crianças de 4 a 7 anos do Bairro Parati 2000, Produção de adubo orgânico a partir do substrato da biomassa utilizada, para implantação de hortas orgânicas junto as famílias atendidas pelo Projeto e de acordo com o crescimento do Projeto devemos implantar outros Projetos Socioambientais.

Contamos com parcerias com Comunidades Extrativistas, potenciais fornecedoras de biomassa, como exemplo podemos citar os Carnaubeiros e Assentados Rurais da região.

Objetivo Geral

Implantar a “Cadeia de Geração de Energia Renovável com Biomassa” no Vale do Açu, gerando renda de forma sustentável para os trabalhadores envolvidos no Projeto;

Reduzir desmatamento e poluição na região atendida pelo Projeto.

Objetivos Específicos

Gerar renda, por meio de desenvolvimento sustentável a partir da comercialização de biomassa e adubo orgânico;

Melhorar a qualidade de vida das pessoas beneficiadas;

Fortalecer a “Cadeia de Produtos Cerâmicos” do Vale do Açu;

Despertar nas pessoas beneficiadas a percepção das oportunidades existentes e as possíveis de serem criadas no Vale do Açu para o mercado de trabalho;

Contribuir para melhorar a autoestima e suas relações com o próximo e com o meio ambiente de agricultores familiares e extrativistas;

Injetar recursos no mercado local;

Buscar apoio logístico para o desempenho satisfatório das atividades planejadas;

Tornar o projeto autossustentável através da produção e comercialização da biomassa;

Enfrentar a crise econômica que vivemos hoje no nosso município, no pais e no mundo com iniciativas adequadas;

Combater o desmatamento ilegal no Vale do Açu e consequente redução do desmatamento da mata nativa;

Redução do uso da lenha ilegal no Vale do Açu;

Substituição da matriz energética das Cerâmicas, Caieiras, Panificadoras, Pizzarias, etc.;

Reduzir o volume de resíduos sólidos enviados ao lixão;

Acabar com incêndios causados pelo acumulo de resíduos de podas nos lixões.

Reduzir a emissão de gases poluidores que aumentam o efeito estufa.



Produtos em Destaque

Projetos

Melhor Parati

Projeto Melhor Parati

carnauba viva ong mr

Projeto Carnaúba Viva

logomarca Caatinga Viva P

Projeto Caatinga Viva